Notícias

MATO GROSSO:Motoristas estão abandonados na MT-170 próximo a Castanheira

   15/02/2013
Fonte: Jnmt   
MATO GROSSO:Motoristas estão abandonados na MT-170 próximo a Castanheira

As fortes chuvas que caíram no estado de Mato Grosso têm causado uma series de prejuízos principalmente nos municípios do noroeste. Rios transbordaram, pontes submersas e levadas pela força da água têm deixado moradores isolados em diversas localidades. No sábado (09.02) registramos um ponto na MT 183, na linha 05 em Juína, onde havia um pequeno atoleiro, pelo menos 4 ônibus com passageiros ficaram por horas aguardando por socorro. Nesta quarta-feira (13.02) nossa reportagem se deslocou para a MT – 170 a 10 km do município de Castanheira para registrar o sofrimento de bravos caminhoneiros que estão há dias parados a beira da MT.

O sofrimento e o cansaço eram visíveis, são dois pontos de atoleiros que estão dificultando os caminhoneiros seguirem viagem. Todos estão cansados e frustrados com o descaso do governo estadual. Jades Barroso afirmou que essa MT aparece como pavimentada no mapa o que o revoltou ainda mais. Aos demais motoristas o que restava eram aguardar a beira da estrada, crianças, homens e mulheres todos amargavam a mesma sensação de ‘desprezo’ por parte dos governantes.

 Apenas motociclistas se arriscavam e passavam para seguir viagem. Levamos água e parecia ter chegado em uma boa hora. O caminhoneiro Pedro Leôncio está com o caminhão carregado de gêneros alimentícios e não tem perspectivas para chegar em Cotriguaçu, município que está sendo mais castigado com as chuvas. Ademir da cruz veio de Santa Catarina, seu caminhão está com materiais de construção e sal para gados, ele está desde a última sexta-feira aguardando uma saída para seguir viagem, sofrimento e descaso descrito por ele. - Já gastei dois pares de chinelos, os meus pés já estão feridos e o pior que isso ocorre todos os anos e ninguém toma providencias – lamentou.

Em outro trecho a situação já era mais complicada, Polaco estava com um caminhão câmara fria com verduras do verdurão do Altair de Juína, apesar do cansaço e do descaso com eles caminhoneiros, polaco estava aparentemente mais tranqüilo “ Vamos aguardar um pouco e tentar sair desse atoleiro “ – contou. Nosso objetivo era ir até ao rio Vermelho a 18 km de Castanheira, segundo informações dos motoristas, lá o rio transbordou e havia varias famílias aguardando as águas baixarem, mas não foi possível seguir viagem devido aos atoleiros. Resolvemos procurar a prefeita de Castanheira, Mabel de Fátima Milanesi que nos atendeu imediatamente.

 A prefeita tem conhecimento dos pontos críticos, mas lembrou as maquinas do poder publico estão deterioradas, mas que outras ajudas foram oferecidas. - Essa situação não tem me deixado dormir direito, fomos até lá e oferecemos hospedagem, banho e alimentação. Nossos maquinários estão aguardando um técnico da Volvo vir para consertá-los, o que temos aqui não são adequados para resolver esse problema- disse a prefeita.

Facebook
Contato

Endereço: Av. Mato Grosso Nº 680 - Centro Juína Mato Grosso Cep: 78320-000

Telefone: 66 3566-3734

E-mail: contato@santoagostinhojuina.com.br
Paróquia Santo Agostinho, Todos os Direitos Reservados. Copyright 2018 Desenvolvido por: NIVELDIGITAL