Notícias

Papa Francisco lamenta morte do cardeal Capovilla

   27/05/2016
Fonte: cnbb   
Papa Francisco lamenta morte do cardeal Capovilla

Dom Loris Francesco foi secretário particular de São João XXIII “Expresso os meus sentimentos a toda comunidade diocesana – da qual o cardeal se sentia parte viva –, às religiosas que o assistiram, aos parentes, aos amigos e admiradores do purpurado”, expressou o papa Francisco em telegrama enviado à diocese de Bergamo, norte da Itália. Cardeal Capovilla tinha 100 anos. Nasceu em outubro de 1915, em Pádua, norte da Itália. Durante dez anos foi secretário particular do papa São João XXIII. No ano de 1988, mudou-se para Sotto il Monte, terra natal do papa João XXIII. O papa Francisco criou-o cardeal em fevereiro de 2014. Por motivo de idade avançada, dom Loris Francesco Capovilla não participou no consistório na Basílica de São Pedro. “Penso com afeto neste caro irmão que, na sua longa e fértil existência, testemunhou com alegria o Evangelho e serviu docilmente à Igreja, no início na Diocese de Veneza e, depois, com primoroso afeto junto do Papa São João XXIII, de quem cuja memória foi zeloso guardião e profícuo interprete”, disse o papa, no telegrama. Francisco lembrou, ainda, que o cardeal, por meio do seu ministério episcopal voltado ao bem dos sacerdotes e fiéis, foi “um sinal de uma sólida fidelidade” à bússola do Concílio Vaticano II. “Elevo orações ao Senhor para que, por intercessão de Nossa Senhora e de São Marcos Evangelista, acolha este seu fiel servidor na alegria e na paz eterna”, pediu. Com a morte do cardeal Capovilla, o Colégio Cardinalício passa a ter 213 membros, 114 eleitores e 99 não eleitores (com mais de 80 anos). CNBB com informações e foto da Rádio Vaticano.

Facebook
Contato

Endereço: Av. Mato Grosso Nº 680 - Centro Juína Mato Grosso Cep: 78320-000

Telefone: 66 3566-3734

E-mail: contato@santoagostinhojuina.com.br
Paróquia Santo Agostinho, Todos os Direitos Reservados. Copyright 2018 Desenvolvido por: NIVELDIGITAL