Notícias

DIA MUNDIAL DAS MISSÕES

   18/10/2013
Fonte: cnbb   
DIA MUNDIAL DAS MISSÕES

 

 29º Domingo do Tempo Comum - cor verde - 20/10/2013

Dia Mundial das Missões

 A oração permanente fortalece a nossa fé

01. ACOLHIDA Preparar em lugar apropriado um painel contendo o tema do mês missionário, as cores dos cinco continentes, nomes ou figuras de missionários(as). Para iniciar a celebração, cantar de forma orante o refrão meditativo. O Senhor me chamou e eu respondi: “eis-me aqui!” O Senhor me chamou e eu respondi: “eis-me aqui, Senhor!” Animador(a) - Meus irmãos e irmãs em Cristo, é com grande alegria que nos reunimos para celebrar o mistério de nossa fé, neste dia em que o Senhor nos convida a uma adesão profunda e pessoal a Jesus Cristo cultivada pela oração fervorosa e permanente. Hoje, Dia Mundial das Missões, lembremos de todos os padres, religiosos e religiosas, leigos e leigas que doam suas vidas servindo a Deus e aos irmãos, em nosso país e em terras distantes. Em comunhão com todos os cristãos que celebram o Dia do Senhor, cantemos. Procissão de entrada como de costume. 02. CANTO INICIAL 1 - Conhecer Jesus, Verbo da vida, amando-o em cada irmão, seguir os seus passos e exemplos. Anunciá-lo é nossa missão. Mar bravio e ventos contrários não fizeram calar sua voz. É o Caminho, a Verdade e a Vida que encanta a todos nós. (bis) 2 - Uma Igreja Samaritana, vê o caído e tem compaixão, aproxima-se, o acolhe e o liberta do preconceito e de toda exclusão. Nova Igreja onde renasça a esperança, que fascina a cada cristão, sob o olhar da Mãe da Saúde, a serviço da vida e missão. (bis) Presidente - Reunidos como família de Deus, façamos o sinal de nossa fé, cantando. (à escolha) Presidente - O Deus da esperança, que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja convosco. Bendito seja Deus... 03. DEUS NOS PERDOA Presidente - Em Jesus Cristo, o justo que intercede por nós e nos reconcilia com o Pai, abramos o nosso coração ao arrependimento. (pausa) Confessemos os nossos pecados. Confesso a Deus todo poderoso e a vós, irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes, por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa, e peço à Virgem Maria, aos anjos e santos, e a vós, irmãos e irmãs, que rogueis por mim a Deus nosso Senhor. Presidente - Deus, Pai amoroso, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. Amém. Senhor, piedade! Ó Cristo, piedade! Senhor, piedade de nós, Senhor! 04. HINO DO GLÓRIA Presidente -Glorifiquemos ao Pai, fonte inesgotável de amor e bondade. Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens por Ele amados. (bis) Senhor Deus, Rei dos Céus, Deus Pai todo poderoso: nós vos louvamos, vos bendizemos, vos adoramos, vos glorificamos, nós vos damos graças por vossa imensa glória. Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Vós que tirais o pecado do mundo acolhei a nossa súplica. Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só Vós sois o Santo, só Vós, o Senhor, só Vós, o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai, na glória de Deus Pai. Amém. (5x) 05. ORAÇÃO Presidente - Ó Deus, que sempre escutais aqueles que vos invocam, dai aos vossos filhos e filhas, que clamam por vós dia e noite, a vitória da salvação esperada. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém. 06. APRESENTAÇÃO DO LIVRO DA PALAVRA Desça como a chuva a tua Palavra, que se espalhe como orvalho, como chuvisco na relva, como aguaceiro na grama. Amém! 07. LEITURA DO LIVRO DO ÊXODO (17, 8-13) 08. SALMO RESPONSORIAL (120) Do Senhor é que me vem o meu socorro, do Senhor que fez o céu e fez a terra. -Eu levanto os meus olhos para os montes: de onde pode vir o meu socorro? “Do Senhor é que me vem o meu socorro, do Senhor que fez o céu e fez a terra!” -Ele não deixa tropeçarem os meus pés, e não dorme quem te guarda e te vigia. Oh! Não! Ele não dorme nem cochila, aquele que é o guarda de Israel! -O Senhor é o teu guarda, o teu vigia, é uma sombra protetora à tua direita. Não vai ferir-te o sol durante o dia, nem a lua através de toda a noite. -O Senhor te guardará de todo o mal, Ele mesmo vai cuidar da tua vida! Deus te guarda na partida e na chegada. Ele te guarda desde agora e para sempre! 09. LEITURA DA SEGUNDA CARTA DE SÃO PAULO A TIMÓTEO (3, 14–4,2) 09. CANTO DE ACLAMAÇÃO Aleluia, Aleluia, Aleluia. (bis) 1 -A Palavra de Deus é viva e eficaz, em suas ações; penetrando os sentimentos, vai ao íntimo dos corações. 09. PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO SÃO LUCAS(18, 1-8) 11. PARTILHA DA PALAVRA O texto do Êxodo e o de Lucas têm grande relação. Através deles emerge a imagem de um Deus diferente daquele que às vezes imaginamos. O Deus da Bíblia não é ocioso ou desinteressado pelos seres humanos. É um Deus associado com a tarefa criativa e renovadora da humanidade. Devemos ter a mesma consciência que o povo judaico retratado na primeira leitura: os triunfos e sucessos que temos na vida não se devem às nossas forças, mas à ajuda e ao poder do Senhor. Esta ajuda representa a ação de Deus em nossa vida cotidiana. No entanto, ela só acontece se -como Moisés -estivermos com as mãos erguidas para o alto. Normalmente é nessa posição que rezamos a oração das orações: o Pai Nosso. Colocar as mãos ao alto é fiar-se totalmente em Deus. Quem está com as mãos ao alto está indefeso, desarmado, frágil e vulnerável. É essa a atitude da pessoa orante: ela desarma-se, voluntariamente, de suas forças para confiar na força de Deus. O testemunho apostólico de Paulo a Timóteo é fundamento de sua fé. Cremos naquilo que recebemos. Os apóstolos creram naquele que esteve com eles - no caso de Paulo, que apareceu a ele como Ressuscitado. Se acreditamos, de fato, na necessidade da fé em Cristo Jesus para a salvação da humanidade, nunca podemos nos dar por satisfeitos com nossa missão: ela sempre deve avançar, para que a Palavra chegue a todos os confins da terra. Paulo pede, com insistência, evocando Nosso Senhor, que Timóteo proclame a Palavra e faça com que as pessoas conformem sua vida a ela. Além disso, Paulo manda insistir, argumentar, repreender e aconselhar, mas sempre com paciência -nunca à força - e doutrina - sem desvirtuar o sentido do que se anuncia. O Evangelho apresenta uma pergunta importante: o que pedimos a Deus na oração? O que falamos com ele quando rezamos? Muitas vezes nossa oração é uma ladainha de problemas nossos que apresentamos a Deus, pedindo que ele os resolva logo. O modelo de oração que Jesus nos propõe é mais amplo: colocar a vida nas mãos de Deus, como a viúva colocou sua causa - que era para ela fundamental - nas mãos do juiz. Para que a oração recitada por nossos lábios seja autêntica, tem que ser a expressão de nossa maneira real de sermos cristãos. Só quando o ser humano, vencidas todas as autossuficiências, sente-se existencial e realmente dependente de Deus, só então está em condições de poder exteriorizar honestamente sua própria realidade, sua necessidade de Deus. Ao mesmo tempo, orar é aceitar - nos a nós mesmos, reconhecer e fazer tudo quanto podemos realizar com a graça de Deus. Por isso, rezamos na medida em que nos esforçamos para viver a vontade De Deus. 12. PROFISSÃO DE FÉ Presidente -Ao Deus justo e bondoso professemos a nossa fé. Creio em Deus Pai... 13. PRECES DA COMUNIDADE Presidente - Ao Pai que ouve e atende os nossos pedidos supliquemos confiantes. Ó Senhor, escutai a nossa prece. - Senhor, iluminai a Vossa Igreja para que o Papa, os bispos, padres, diáconos, leigos e leigas, nunca se deixem abater diante das perseguições que afetam sua missão evangelizadora. Nós vos pedimos. -Senhor, abençoai nossas autoridades, a quem compete fazer justiça aos pobres e indefesos, para que sejam justos em suas decisões. Nós vos pedimos. - Senhor, encorajai nossas comunidades para que sejam fiéis à escuta da Vossa Palavra e perseverantes na ação e na oração. Nós vos pedimos. Presidente -Rezemos juntos a Oração Missionária. Senhor, a Jeremias que resistia ao teu chamado por ser ainda jovem, Tu respondeste: a quem eu te enviar, irás, eu estou contigo. Apesar de nossas limitações, envia-nos! Dá-nos o teu Espírito que realiza em nós a tua Palavra e nos torna missionários e profetas do Reino. Amém. 14. APRESENTAÇÃO DOS DONS Animador(a) -Hoje Jesus nos recomenda a perseverança na oração diária como fonte de ação de graças e fortalecimento da nossa missão. O discípulo é alguém chamado por Jesus Cristo para com Ele conviver, participar de sua vida, unir-se à sua pessoa e aderir à sua missão, colaborando com ela. Apresentemos ao altar do Senhor a nossa disponibilidade em testemunhar e anunciar Jesus Cristo assim como a vida de todas as pessoas que realizam sua missão batismal na família, na comunidade e na sociedade. Representantes do COMIPA (Conselho Missionário e Paroquial) e Infância Missionária (onde houver), apresentam o Projeto Diocesano de Evangelização, enquanto se canta. Evangelizar, proclamando a Boa-Nova. Quero servir, dialogar, anunciar. Somos teu povo, Senhor, testemunhar teu amor é missão de cada um de nós. (Bis) 15. CANTO DAS OFERENDAS (onde houver Celebração da Palavra) 1 -Eu te ofereço o meu viver, o meu agir, meu pensamento. A minha força, minha fraqueza, eu fui chamado para a doação. Neste ofertório renovarei o meu desejo de servir. Mesmo sabendo que nada sou eis-me Senhor, aqui estou! 2 -Quem me seguir terá que sofrer tomar a cruz e ser pregado. A cruz sem ti quem vai suportar? Porém contigo não é nada. (onde houver Celebração Eucarística) 1 - A fé é compromisso que é preciso repartir, em terra bem distantes ou em nosso próprio lar. Nós somos missionários: eis a nossa vocação. Jesus convida a todos, ai de mim se eu me calar. Nesta mesa, ó Senhor, apresentamos pão e vinho, dons da terra e do trabalho. Pela Igreja missionária vos louvamos. Vede a messe que precisa de operários. 2 -Há muitos consagrados anunciando sem temer, e tantos perseguidos dando a vida pela fé. Mas quem faz de sua vida um sinal de comunhão também dá testemunho, nos convida à conversão. 17. PAI NOSSO Presidente -Inspirados na Palavra de Jesus, ousamos proclamar. Pai nosso que estais no céu, santificado seja o vosso nome, venha a nós o vosso Reino; seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu! O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal! 18. ABRAÇO DA PAZ Animador(a) -Como filhos e filhas do Deus da paz, saudemo-nos com um gesto fraterno. Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz! 1 -Onde houver ódio, que eu leve o amor. Onde houver ofensa, que eu leve o perdão. Onde houver discórdia, que eu leve a união. Onde houver dúvida, que eu leve a fé. Onde houver erro, que eu leve a verdade. Onde houver desespero, que eu leve a esperança. Onde houver tristeza, que eu leve a alegria. Onde houver trevas, que eu leve a luz. 2 -Ó Mestre! Fazei que eu procure mais, consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido. Amar, que ser amado. Pois é dando que se recebe. É perdoando que se é perdoado. E é morrendo que se vive para a vida eterna. 19. CANTO DE COMUNHÃO (se houver) 1 -Se a missão se faz cansaço, Jesus convida a descansar, e se há ovelhas sem pastor é necessário delas cuidar. “Dai-lhes vós mesmos de comer” o meu corpo que se faz pão. Diz Jesus a seus amigos partilhar é vocação! Partilhar é vocação! 2 -E se a hora vai adiantada e despedir se faz tentação, a nossa fé seja mais forte para servir nossos irmãos. 3 -A quem duvida do seu pouco, Jesus pergunta: o que tens? Vai ver! Então responda: Senhor, este pouco partilhando tu fazes crescer. 4 -E se nos sentamos sobre a relva a qual nos conduz o Bom Pastor, nossa união expresse sempre o pão de Deus, sinal de amor. 20. ORAÇÃO Presidente -Bendito sejais, Senhor nosso Deus, pelo pão da Palavra (e da Comunhão) que alegra nossas vidas e nos renova na aliança do vosso amor. Ajudai-nos a sermos perseverantes na oração e a sempre encontrar razões para o nosso trabalho e em tudo o que vivermos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém. 21. NOTÍCIAS E AVISOS No próximo domingo estaremos comemorando o Dia Nacional da Juventude. Participe! 22. BÊNÇÃO Presidente -O Deus Pai, que em Jesus manifestou a solidariedade e a caridade, vos faça mensageiros do Evangelho e testemunhas do vosso amor no mundo. Amém. -O Senhor Jesus que prometeu a sua Igreja estar a seu lado até o fim dos tempos, dirija os vossos passos e confirme as vossas palavras. Amém. -O Espírito Santo esteja sobre vós, para que, percorrendo os caminhos do mundo, possais evangelizar os pobres, dar vista aos cegos, e curar os corações humilhados e contritos. Amém. -Abençoe-vos Deus todo-poderoso: Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. -Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus. 23. CANTO FINAL Vai, vai, missionário do Senhor, vai trabalhar na messe com ardor. Cristo também chegou pra anunciar, não tenhas medo de evangelizar! 1 -Se és cristão, és também comprometido, chamado foste tu e também foste escolhido pra construção do Reino do Senhor. Vai, meu irmão, sem reserva e sem temor. A oração permanente fortalece a nossa fé

Facebook
Contato

Endereço: Av. Mato Grosso Nº 680 - Centro Juína Mato Grosso Cep: 78320-000

Telefone: 66 3566-3734

E-mail: contato@santoagostinhojuina.com.br
Paróquia Santo Agostinho, Todos os Direitos Reservados. Copyright 2018 Desenvolvido por: NIVELDIGITAL