Notícias

Domingo, 30 de Junho de 2013- Solenidade de São Pedro e São Paulo-“ Somos chamados a reconhecer e testemunhar que Jesus é o Messias.”

   29/06/2013
Fonte: cnbb   
Domingo, 30 de Junho de 2013- Solenidade de São Pedro e São Paulo-“ Somos chamados a reconhecer e testemunhar que Jesus é o Messias.”

Cor vermelha - 30/06/2013

SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO

Dia do Papa

Somos chamados a reconhecer e testemunhar que Jesus é o Messias.

Preparar o espaço celebrativo com criatividade de forma que expresse a alegria da festa celebrada. Na entrada do templo colocar as imagens de Pedro e Paulo e um quadro ou figura do Papa Francisco, as quais entrarão na procissão de entrada. Antes de iniciar a celebração cantar o refrão meditativo.

Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou é fiel, é fiel. Fiel é aquele que vos chamou. (bis)

01. ACOLHIDA

Animador(a) -

Irmãos e irmãs é com muita alegria que os acolhemos para este encontro fraterno! Paz e bem a todos! Celebrando hoje o mistério Pascal, fazemos memória do martírio dos apóstolos Pedro e Paulo, que doaram suas vidas ao anúncio do Evangelho e no testemunho do Messias, o Filho de Deus. Celebramos também o dia do Papa, sucessor de Pedro, cuja missão é zelar para que a Igreja permaneça unida e fiel ao projeto do Pai. Na alegria de termos Pedro e Paulo como pilares de nossa Igreja, e o Papa Francisco como Pastor Universal, cantemos.

Procissão de entrada como de costume.

02. CANTO INICIAL

Com a Igreja subiremos ao altar do Senhor.

1 - Toda a Igreja aqui está para o encontro com Deus. Ele mesmo o marcou para nós, filhos seus.

2 - Entre nós e o Pai Santo está Jesus, nosso irmão: mediador, sacerdote, nosso ponto de união.

3 - Rezaremos com Cristo o perfeito louvor e seremos pro Pai uma imagem de amor.

Presidente -

Reunidos como irmãos na féem Cristo Jesus, façamos o sinal que nos identifica como filhos e filhas de Deus, cantando.

 

(à escolha)

 

Presidente -

 

A graça de Deus nosso Pai, o amor de Jesus nosso irmão e a força do Espírito Santo estejam convosco.

 

Bendito seja Deus...

 

03. DEUS NOS PERDOA

 

Presidente -

 

Os apóstolos Pedro e Paulo professaram sua fé no Ressuscitado. Imploremos a misericórdia do Pai pelas vezes que não assumimos nossa missão de anunciadores do Evangelho.

 

Peçamos perdão, cantando.

 

1 - Senhor, que fazeis passar da morte para a vida quem ouve a vossa Palavra, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

 

2 - Ó Cristo, que quisestes ser levantado da terra para atrair-nos a vós, tende piedade de nós. Ó Cristo, tende piedade de nós.

 

3 - Senhor, que nos submetestes ao julgamento da vossa cruz, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

 

Presidente -

 

Deus de amor e bondade, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. Amém.

 

04. HINO DO GLÓRIA

 

Presidente -

 

Glorifiquemos ao Senhor pela entrega total de Pedro e Paulo ao seu projeto, pelo sim do Papa Francisco e por todos aqueles que seguem o exemplo dos santos de ontem e de hoje. Glória a Deus lá nos céus, e paz na terra aos seus!

 

(bis)

 

1 - Glória a Deus nos altos céus, paz na terra a seus amados! A Vós louvam, Rei Celeste, os que foram libertados!

 

2 - Deus e Pai, nós vos louvamos, adoramos, bendizemos; damos glória ao vosso nome, vossos dons agradecemos!

 

3 - Senhor nosso, Jesus Cristo, unigênito do Pai, Vós, de Deus Cordeiro Santo, nossas culpas perdoai!

 

4 - Vós que estais junto do Pai como nosso intercessor, acolhei nossos pedidos, atendei nosso clamor.

 

5 - Vós somente sois o Santo, o Altíssimo, o Senhor, com o Espírito Divino, de Deus Pai no esplendor!

 

05. ORAÇÃO

 

Presidente -

 

Ó Deus, que hoje nos concedeis a alegria de festejar São Pedro e São Paulo, dai a Vossa Igreja seguir em tudo o exemplo destes apóstolos que nos deram os primeiros ensinamentos da fé. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,

 

na unidade do Espírito Santo.Amém.

 

06. APRESENTAÇÃO DO LIVRO DA PALAVRA

 

O leitor ergue o Lecionário (ou a Bíblia), enquanto se canta.

Palavra de salvação, somente o céu tem pra dar, por isso meu coração se abre para escutar.

 

1 - Com Simão Pedro diremos também que não é fácil dizer sempre amém. Mas não há outro na terra e no céu, mais companheiro, mais santo e fiel.

 

07. LEITURA DOS ATOS DOS APÓSTOLOS (12, 1-11)

 

08. SALMO RESPONSORIAL (33)

 

De todos os temores me livrou o Senhor Deus. (bis)

 

- Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, seu louvor estará sempre em minha boca. Minha alma se gloria no Senhor; que ouçam os humildes e se alegrem!

 

- Comigo engrandecei ao Senhor Deus, exaltemos todos juntos o seu nome! Todas as vezes que o busquei, Ele me ouviu, e de todos os temores me livrou.

 

- Contemplai a sua face e alegrai-vos, e vosso rosto não se cubra de vergonha! Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, e o Senhor o libertou de toda angústia.

 

- O anjo do Senhor vem acampar ao redor dos que o temem, e os salva. Provai e vede quão suave é o Senhor! Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

 

09. LEITURA DA SEGUNDA CARTA DE SÃO PAULO A TIMÓTEO

 

(4, 6-8.17-18)

 

10. CANTO DE ACLAMAÇÃO

 

Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia! (bis)

 

1 - Tu és Pedro e sobre esta pedra eu irei construir minha Igreja; e as portas do inferno não irão derrotá-la.

 

11. PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUND

 

O SÃO MATEUS (16, 13-19)

 

12. PREPARANDO A PARTILHA DA PALAVRA

A liturgia de hoje nos apresenta as pedras fundamentais da nossa fé na construção do Reino: os apóstolos Pedro e Paulo. Na primeira leitura, Pedro

 

está na prisão e um anjo do Senhor é enviado para libertá-lo. Aí está uma lição para todos os discípulos e também para nós: Deus jamais abandona quem põe sua vida em perigo pelo Evangelho. A fidelidade à vocação cristã põe-nos

 

frequentemente em situações nada fáceis. É preciso ter coragem para anunciar e testemunhar a Boa-Nova de Jesus Cristo. Essa leitura convida quem está sofrendo por amor a Cristo a lembrar-se de que, mesmo que todos estejam contra, do seu lado sempre estará o anjo do Senhor. Na segunda leitura, Paulo, preso em Roma, sentindo-se próximo da morte, faz um balanço de toda a sua vida e espera receber de Deus a coroa da justiça, que será também oferecida a todos aqueles que, como ele, lutarem pela construção do Reino de Deus. No Evangelho, Pedro professa sua fé em Jesus como “o Cristo, o Filho do Deus Vivo”. Professar que Jesus é o Messias significa estar convencido de que,  como Ele, não existiu e não existirá mais ninguém. A fé de Pedro torna-se, então, a pedra sobre a qual Jesus edificou a sua Igreja. Essa fé constitui o fundamento sólido da Igreja, torna-a invencível e capaz de dominar as forças contrárias. Todos aqueles que, como Pedro, professam a féem Jesus Cristo, Filho do Deus Vivo, passam a fazer parte desse edifício sólido que jamais ruirá. Juntamente com as chaves do Reino, Pedro recebe o poder de ligar e desligar todas as coisas e a autoridade de transmitir os ensinamentos do Mestre e de decidir o que está de acordo ou não com o Evangelho. No Novo Testamento, esse apóstolo aparece sempre em primeiro lugar e é ele quem deve confirmar

 

a fé dos outros. Isso indica que a Igreja tem no Papa, sucessor de Pedro, o encarregado de manter a unidade na féem Cristo. Pedroe Paulo mostraram-nos com que dedicação, amor e coragem deve ser desenvolvido o ministério do anúncio do Evangelho. São verdadeiros exemplos para todos nós, pois ensinam que também podemos ser mensageiros e ministros da Palavra em nossas comunidades!

 

13. PROFISSÃO DE FÉ

 

Presidente -

 

A exemplo de Pedro e Paulo, professemos nossa fé no Deus que enviou seu único Filho para nossa salvação, cantando.

 

Creio! Creio! Amém! (2x)

 

1 - Creioem Deus Paitodo poderoso, Criador do céu e da terra. Eem Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo.

 

2 - Nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia.

 

3 - Subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos.

 

4 - Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém!

 

14. PRECES DA COMUNIDADE

 

Presidente -

 

Confiantes, elevemos ao Deus da vida os pedidos de nossa comunidade. A cada prece respondamos:

 

Deus de amor, atendei nosso clamor.

 

- Senhor, dai sabedoria ao Papa Francisco para que seja sempre fiel à missão de sucessor de Pedro e concedei aos bispos, padres, diáconos e religiosos(as) perseverarem com amor no ministério que lhes fora confiado. Nós vos pedimos.

 

- Senhor, fortalecei todas as pessoas que professam sua fé batismal no meio em que vivem para que não desanimem diante das dificuldades. Nós vos pedimos.

 

- Senhor, despertai em nosso meio mais vocações sacerdotais e missionárias para que o anúncio da Boa-Nova chegue a todos. Nós vos pedimos.

 

- Senhor, ajudai os membros das Paróquias São Pedro e São Paulo Apóstolo de ..., para que a festa dos seus padroeiros seja um momento de crescimento na fé. Nós vos pedimos.

 

(preces espontâneas)

Presidente -

 

Por intercessão de Pedro e Paulo, ouvi, Deus de bondade, as preces que a Vós elevamos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

 

15. APRESENTAÇÃO DOS DONS

 

Animador(a) -

 

A exemplo de Pedro e Paulo, o Papa, sucessor de Pedro, tem como missão cuidar da Igreja, povo de Deus, para que ela permaneça unida e fiel a Jesus Cristo, sendo discípula missionária. Apresentemos ao altar do Senhor nossa

 

vida de comunidade, na disposição de seguirmos o exemplo de Pedro e Paulo, sob a orientação do Papa Francisco na obediência à Igreja Universal, diocesana, paroquial e comunitária.

 

Membros do conselho comunitário, de mãos estendidas, formam um semi-círculo ao redor do altar enquanto se canta.

 

1 - Nesta mesa da irmandade a nossa comunidade se oferece a Ti, Senhor, nosso sonho e nossa luta nossa fé, nossa conduta, te entregamos com amor.

 

Novo jeito de sermos Igreja nós buscamos, Senhor, na tua mesa. (bis)

 

Animador(a) -

 

A coleta deste dia será destinada ao Óbolo de São Pedro, sejamos generosos.

 

16. CANTO DAS OFERENDAS

 

(Onde houver Celebração da Palavra)

 

No teu altar, Senhor, coloco a minha vida em oração.

 

1 - A alegria de te amar e ser amado, quero em tuas mãos depositar.

 

2 - O desejo de ser bom e generoso faz-me viver com mais amor.

 

3 - Os amigos que me deste e que são teus, tudo entrego a ti, Senhor.

 

(Onde houver Celebração Eucarística)

1 - Pai Santo, na força deste rito, sejais sempre bendito pelo vinho e pão. Da vossa bondade recebemos os dons que oferecemos para a salvação.

 

Senhor, Eterno Pai, os dons de vinho e pão agora transformai em vida e salvação. (bis)

 

2 - Pai Santo, sejamos água pura, que ao vinho se mistura e vai se consagrar. Por Cristo, a nossa humanidade da vossa divindade vai participar.

 

3 - Pai Santo, que o vosso amor compreenda que as nossas oferendas vêm do coração. São frutos regados pelo orvalho que a bênção do trabalho trans

 

formou em pão.

 

17. PAI NOSSO

 

Presidente -

 

Irmãos e irmãs, unidos na edificação do Reino de Deus, rezemos como Jesus nos ensinou.

 

Pai Nosso...

 

18. ABRAÇO DA PAZ

 

Animador(a) -

 

Como discípulos e missionários de Jesus agindo no meio de povo, promoveremos a paz. Saudemo-nos com um abraço fraterno.

 

(canto à escolha)

19. CANTO DE COMUNHÃO

 

(se houver)

1 - “Ide ao mundo inteiro anunciar a toda a criatura a Boa-Nova.” Ide ser missionário, ide evangelizar um mundo sedento e faminto que espera este vinho este pão. O pão da vida, o pão do amor. O pão da unidade, o pão vivo descido do céu. (bis)

 

2 - Que todos os povos celebrem nesta refeição, o amor e alegria de sermos irmãos.

 

3 - Que todas as culturas se encontrem na fé, e proclamem o que ensinou Jesus Nazaré.

 

20. ORAÇÃO

 

Presidente -

 

Pai de bondade, fortalecidos pela vossa Palavra (e pela comunhão), possamos ser sempre discípulos de Jesus Cristo, anunciadores da paz. Dai-nos a mesma coragem, fé e perseverança dos apóstolos Pedro e Paulo para que possamos continuar vosso projeto de salvação. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

 

21. NOTÍCIAS E AVISOS

 

22. BENÇÃO

 

Presidente -

 

O Senhor esteja convosco!

 

Ele está no meio de nós!

 

- O Deus todo-poderoso, que vos deu por fundamento aquela fé proclamada pelo Apóstolo Pedro e sobre a qual edificou toda a Igreja vos proteja. Amém.

 

- Ele, que vos instruiu pela incansável pregação de São Paulo, vos ensine a conquistar também novos irmãos para o Cristo. Amém.

 

- Que a autoridade de Pedro e a pregação de Paulo vos levem à Pátria Celeste, aonde chegaram gloriosamente um pela cruz e outro pela espada.

 

Amém.

 

- Abençoe-vos Deus todo poderoso: Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

 

- Ide em paz e o Senhor vos acompanhe.

 

Graças a Deus.

 

23. CANTO FINAL

 

Ó São Pedro, pedra forte, rocha firme do Senhor, intercede pela gente, nosso apóstolo Pastor! Reza pela tua Igreja, São Pedro protetor! (bis)

 

1 - Ajuda o povo a caminhar na tua Igreja sem desviar.

 

2 - Rede na praia, barco no mar e a tua Igreja a navegar.

 

3 - Ensina a gente evangelizar nova semente a semear.

 

Facebook
Contato

Endereço: Av. Mato Grosso Nº 680 - Centro Juína Mato Grosso Cep: 78320-000

Telefone: 66 3566-3734

E-mail: contato@santoagostinhojuina.com.br
Paróquia Santo Agostinho, Todos os Direitos Reservados. Copyright 2018 Desenvolvido por: NIVELDIGITAL